HOT NEWS
Qua, 26 de Setembro de 2012 14:30    PDF Imprimir E-mail
"Até que a Sorte nos Separe" filme brasileiro com Leandro Hassum

aaleandrohassum4Quem nunca sonhou em ganhar na Mega-Sena e mudar de vida radicalmente que atire a primeira moeda. Na comédia ‘Até Que a Sorte Nos Separe’, do diretor Roberto Santucci, que estreia na semana que vem, o espectador vai acompanhar a ascensão (e também a decadência) da família de Tino (Leandro Hassum) e Jane (Danielle Winits). Eles ficam ricos da noite para o dia após ganharem R$ 100 milhões na loteria e prometem que vão continuar sendo as mesmas pessoas apesar dos muitos dígitos a mais no banco. Mas a promessa acaba não se concretizando.

Leandro Hassum confessa que já cometeu extravagâncias ao ganhar muito dinheiro. “Assim que eu comecei na TV, fiz um comercial e ganhei uma boa quantia. Fui com minha mulher e minha filha para o shopping e disse a elas: ‘É hora de quebrar tudo!Vamos comprar !’”, lembra o ator, que aproveita para alertar os artistas e jogadores de futebol que ficam ricos repentinamente.

Danielle Winits revela que é o oposto de sua personagem emergente. “Sou mais comedida, mais focada. Já tive momentos de gastar, mas a vida vai mudando. É claro que nos presenteamos com uns mimos às vezes, mas eu tento exercer um controle. Na minha profissão, temos que estar sempre antenados, pois não sabemos o dia de amanhã”, pondera.
Se ganhasse R$ 100 milhões na Mega-Sena, Dani não faria como seu marido no filme, que deixou de trabalhar. “Jamais ficaria sem trabalhar. Eu investiria mais ainda na educação dos meus filhos e faria uma viagem pelo mundo todo”, sonha a atriz.

 

Dinheiro: O mal da relação a dois

De acordo com Gustavo Cerbasi, autor do livro ‘Casais Inteligentes Enriquecem Juntos’, quase 100% dos problemas de relacionamento têm a ver com o bom e velho dinheiro. “De uma forma ou de outra, as crises acontecem devido à falta de dinheiro. Falta de romantismo, por exemplo, é falta de grana para um passeio romântico do casal. Quando o problema não é infidelidade, é financeiro”, explica Cerbasi, que participou de perto da criação do roteiro e das falas do consultor financeiro Amauri ( Kiko Mascarenhas), que ajuda Tino (Leandro Hassum) quando ele perde toda a fortuna da Mega-Sena. Segundo o personagem, é preciso organização, planejamento, equilíbrio, segurança e investimento para ter uma vida financeira equilibrada.

Segundo Cerbasi, as pessoas ainda têm uma visão equivocada em relação ao dinheiro. “O dinheiro é um potencializador da felicidade. Se você é uma pessoa feliz, com grana vai se tornar muito mais feliz. Se você está vivendo uma vida infeliz, com muito dinheiro sua vida será uma verdadeira desgraça”, explica.

O planejamento em excesso também pode atrapalhar. A dica do autor é conseguir um equilíbrio. “Quanto mais simples, melhor. Poupar demais e planejar demais é ruim, assim como gastar muito também atrapalha. Baseando-se nesse equilíbrio, Cerbasi selecionou os cinco pecados do pão duro e os cinco pecados do gastador.



Os cinco pecados do pão duro
1) Dar muita importância ao dinheiro e ao mesmo tempo não desfrutar dele.
2) Poupar sem objetivos definidos de como desfrutar do esforço de poupança.
3) Acreditar em um futuro que provavelmente não irá acontecer, pois está sempre adiante.
4) Impor a falta de conforto a todos que o rodeiam.
5) Economizar no curto prazo e pagar caro no longo prazo, por falta de qualidade de vida.


Os cinco pecados do gastador
1) Não poupar, ignorando que a renda deve servir para manter sua vida, e não apenas seu mês.
2) Substituir o consumo de prazer duradouro, como hábitos diários, pelo consumo de prazer imediato, em poucas compras de grande valor.
3) Praticar excessivamente os modismos, tornando descartável o consumo.
4) Assumir o risco de depender do emprego para o resto da vida — uma dura imposição para o futuro.
5) Assumir o excesso de imprevistos como parte da natureza da vida, e não de suas más escolhas do passado.

Sinopse
Livremente inspirado no best-seller “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”, ATÉ QUE A SORTE NOS SEPARE é uma comédia romântica protagonizada por Leandro Hassum e Daniele Winits sobre as aventuras e desventuras de um casal que consegue, duas vezes, o quase impossível: Ganhar na loteria e gastar tudo em dez anos... O filme fará com que o público se divirta e se identifique com os segredos, desabafos e trapalhadas de uma família descobrindo que uma boa conta bancária até ajuda, mas desde que você saiba o que fazer com ela.

Elenco
Leandro Hassum, Danielle Winits, Kiko Mascarenhas, Ailton Graça, Rita Elmor, Rodrigo Sant´Anna

Roteiro
Anna Muylaert

Produção
Caio Gullane, Fabiano Gullane

Direção
Roberto Santucci

Fonte: O Dia IG

 

Expediente

Presidente  
Hernani Lobato
presidencia@sindmetau.org.br


Endereço

Rua Urupês, 98 - Chácara do Visconde - Taubaté - SP - CEP 12060-080
Fone (12) 2123-4300 - Fax (12) 2123-4318
E-mail: sindmetau@sindmetau.org.br

CNM  CUT

FEM         Brasil Atual